Esse momento chega para todos. Para alguns é infelizmente em um momento ruim como a perda de um ente querido, alguma tragédia etc. Para nós Au Pairs creio que para a maioria é em um momento bom. Pois, iremos crescer com uma escolha nossa.
           Não é um momento fácil. Por exemplo para mim, eu estarei deixando o conforto da minha casa, o amor incondicional da minha mãe e da minha avó (da cachorrinha também).
           Nós três vivemos juntas e somos melhores amigas. EU AMO minha casa eu AMO minha família (mãe e avó). Eu todo o dia agradeço a Deus por ser uma pessoa premiada de ter essas duas pessoas na minha vida. Eu ganhei na loteria por ter elas. 
          Pessoas que me apoiam em todos os momentos, que me entendem, me aconselham, estão sempre do meu lado na boa ou na ruim. Eu estando certa ou errada elas estão do meu lado. Minha avó com esse jeitinho todo carinho dela sempre me perguntando se eu estou bem, se quero um cafézinho com leite ou um cházinho. Minha mãe do jeitinho brabona dela que me xinga se eu estou de cara feia, mas cinco minutos depois já está rindo e fazendo brincadeiras. 
           Minha mãe foi uma pessoa que sofreu muito, não teve a oportunidade de estudar, veio do inteior. Negra e pobre. Sofreu MUITO preconceito, trabalhou como empregada doméstica. Tem apenas EU de família. E mesmo depois de tudo que sofreu é uma pessoa MARAVILHOSA só pensa em fazer o bem aos outros. Ajuda todo mundo, é um anjo na vida de qualquer um. Uma mulher GUERREIRA E FORTE que merece toda a felicidade desse mundo E TERÁ.
           Minha avó, uma senhora que era patroa da minha mãe e do meu pai e me adotou como sua filha. A senhora alemõa esposa do dono da empresa, adotou a filha da emprega e como ela diz " eu adotei a minha pretinha". Minha avó uma pessoa sem palavras, ela me trata melhor do que trata os filhos dela, me ama, me mima, cuida de mim eu estando doente ou não, me aconselha. Eu devo ter feito algo de muito bom em outras vidas para ter esse presente.
           Enfim só quero dizer que mesmo eu tendo tudo isso, creio que chegou minha hora de crescer.          Chegou a hora de eu passar um pouco de sacrifício para eu poder valorizar ainda mais esses meus anjos. Chegou a hora de eu estar completamente sozinha num lugar estranho, com um idioma que eu não domino, com pessoas estranhas, com comidas estranhas, com costumes diferentes.
Está na hora de eu correr riscos, me cuidar sozinha, ir atrás sozinha das minhas coisas.
Está na hora de eu correr o risco de SER FELIZ E AMADURECER.
O que mais me entristece é deixar mami e vó aqui. Mas, eu sei. EU SEI. que é apenas por dois anos. É a minha oportunidade de realmente valorizar tudo que elas fizeram por mim até hoje. É a minha oportunidade de ser FELIZ DE OUTRA MANEIRA.
           E eu sei que toda vez que eu precisar elas estarão com o telefone na mão para me atender. E se eu precisar voltar antes, elas estarão de braços abertos me esperando!



Esse post foi mais um desabafo.
Espero que tenham gostado!
Beijooos


4 Comentários

  1. Q fofo seu blog Adri... coloca a opção 'seguidores' pra gente te seguir.. Bjoka gisellan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Gi muito obrigada pelo seu comentário :D já coloquei. Estou te seguindo.

      Beijoos

      Excluir
  2. Florzinha,
    Amei seu bloguinho. Quero seguir tb ;)
    Bjim freskinho
    Miry Rodrigues
    Blog: http://freskurinhasdemiry.blogspot.com.br/
    Facebook:https://www.facebook.com/pages/Blog-Freskurinhas-de-Miry
    Twitter: @FreskurinhasdeM
    Insta: @FreskurinhasdeMiry

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda. Fico feliz
      estou te seguindo
      Beijoos

      Excluir

Minha lista de blogs

Tecnologia do Blogger.

Translate